19 de set de 2012

Déosconectada...

A forma como eu conheci ele não é tão relevante...
Não é relevante porque não muda a história, mas como não escondo nada de vocês: conheci num chat!

A conversa fluiu porque tanto eu como ele trabalhamos com a mesma coisa. Entendemos do mesmo mercado, passamos pelos mesmos problemas, temos amigos em comum e temos o mesmo senso de humor!

Além da risada solta e alegre que acontecia espontaneamente o sujeito era boa pinta...(sim do chat fomos para um lugar mais reservado - mensagem instantânea). 

* pausa - Vinícius é um cara bonito, entende da minha profissão e tem senso de humor.... hmmm tô gostando desta vez de brincar com internet!

Conversamos a tarde inteira...no dia seguinte conversamos mais um monte...até ele comentar que nunca tinha conhecido ninguém de chat e que quando ia acontecer isto ele começou a namorar. Foi a deixa:

- E desde quando você está solteiro?
" - Na verdade Déo eu não estou solteiro, eu namoro!"
- E por que você não falou nada para mim?
" - Porque gostei de falar com você e percebi que se eu falasse isto, você não falaria mais comigo"
Nick do messenger - Vinícius
 

Conversamos por mais uns 6 meses. Batendo papo normalmente, contando sobre nossas vidas, mas sem nos conhecermos. 
Chegamos a conclusão de que não seria uma boa a gente se conhecer porque sentíamos uma atração forte e poderia rolar algo entren nós e pasmem: ele era fiel. Juro. O sujeito era fiel. E eu que não curto me enrolar com caras com namoradas, respeitei a situação. 

Eu não estava querendo entrar numa destas para brincar...e o cara era de fato meu número!!!

Ficamos um tempo sem nos falar, até que um dia...
" - Déo, até que enfim você está online! Tenho uma novidade, estou solteiro!"
- O que??? Solteiro???
" - Sim!!! Quando vamos nos encontrar?"
Nick do messenger - Vinícius...uhuuu

Na semana seguinte marcamos de nos ver, aliás, ele decidiu me encontrar em casa (como eu tinha amigos em comum com ele, já sabia quem ele era e que era de boa, meu flat foi uma ótima ideia...)
A princípio meio tímido, mas em poucas taças de vinho já estava tudo praticamente familiar...a atração que tínhamos virtual era muito real. Não demorou muito tempo para estarmos juntinhos como casal apaixonado. Demos muitas risadas, falamos sobre assuntos do trabalho, reclamamos de chefes, diretorias e afins, combinamos uma viagem para o mês seguinte, bebemos beijos, beijamos taças, rimos vinho! Uma delícia.

E ele que vinha só para fazer uma visita breve, foi embora de casa umas 3 da manhã...eu, que tinha que acordar as 6 da manhã quase não dormi. Haja pó, base, blush, retoque, massa corrida e afins...

Uma semana de torpedos no celular para mim, umas perguntas nada a ver típicas de quem quer puxar papo, uns conversinhas nas mensagens instantâneas e de repente, uma sumida básica.

Algumas semanas em silêncio...até reaparecer e conversar quase nada, aquele quase monólogo! Só que eu passei do tempo de ficar guardando o que penso e resolvi falar o que eu achei sobre nosso encontro...

- Sabe Vi, eu queria te dizer que foi bem legal o lance da gente aquele dia. Você é um cara que combina em vários "sentidos" comigo, temos que combinar uma próxima  :)
" - Pô Déo, que legal ouvir isto de você. 
Você é maravilhosa, inteligente, linda, divertida, uma mulher e tanto, nossa química é animal, mas sabe estamos em momentos diferentes, não quero me envolver agora...quero aproveitar a minha vida!"
...
Nick do messenger - Vinícius...solteiroooooo ;)

Depois desta entendi que ele estava num momento "uhuu" dele e eu deveria tirar meu time de campo. Continuamos a conversar, bem menos do que antes.

Um mês depois 
Nick do messenger - Tuca

Olhei aquele nick e pensei...hmmmmm será que é a ex?
Não disse nada e fui deixando...nunca mais me chamou para conversar...e era sempre ele quem me chamava.
Um belo dia decidi perguntar o que estava pegando...

" - Oi Déo, tudo bem? Pô meu, você não vai acreditar, estou apaixonado por uma mulher que mora na Espanha. O nome dela é Tatiana, mas eu apelidei ela de Tuca! A gente vai se conhecer em setembro porque eu vou visitá-la."
- O destino brincou com você né... - e comigo também, mas não quis falar.
" - Pois é né Déo, logo eu...mas to super feliz"
- ...felicidades ao casal! 

Tem certas horas que você realmente não tem o que falar, o melhor é fingir que não foi com você e que aquilo foi apenas uma fase, ou se preferir umas fezes...

Reações:

10 comentários:

Complicado este tipo de situação...

mas é a tal de modernidade a que estamos sujeitos hoje! E fora que muuuiiita gente se faz de perfeito via "letrinhas", no primeiro encontro e ai depois, o principe (princesa) vira sapo (perereca... hum... perereca é bom e... ops, foi mal!).

Mas deixa i cara ser feliz com a espanhola... quero ver ele é se envolver, tomar um "pé na junda" e ficar com cara de ânus...

Anônimos Beijos!

Vou utilizar muito "cara de ânus" adorei!!!!

Bjs da Déo

Bah, Déo!

Antes de continuar, adoro os teus textos!

Continuando, sou rato nesse assunto! Desde os tempos de ICQ, bate papo do ZAZ e essas tranqueiras que denunciam meu motor 4.1 SS !!! kkkkkkkkk

Nesse meio tudo é possível! Tudo! Se apaixonar por uma foto, por um "sorriso virtual", por algum afago em momentos de solidão... (Sim, já vivi isso.)

Essa magia de conversar horas, dias, meses, com tua suposta alma gêmea e, num repente ela se tornar teu martírio... (Sim, também vivi isso.)

Encontrar aquela pessoa que parece legal no começo e depois vai ficando chata, querendo te controlar, te dominar mesmo virtualmente, achando que é tua dona ou teu dono... (Sim, já me lasquei aos quilos.)

Mas mesmo ante a esse cenário ultra mega super pós moderno, é possível achar gente de verdade, DE VERDADE.

Como? Ué? Tudo é questão de atitude, pé no chão, saber ler as entrelinhas e sempre, mas sempre, contar com aquela pitada de sorte!

Da mesma forma que acontece aqui fora, no mundo real, o conectado lado também tem seu charme, suas facilidades e seu inferno.

Enquanto o nobre camarada Anônimo usa o "cara de ânus", eu polidamente uso o "Butt-Face"! kkkkkkkkkk


Beijão,
Undívago - The Rocket Man!

Pois é... Até nisso a gente tem que dar sorte! Homem quando tá na fase de ficar solteiro é complicado. Eu mesmo adorava um cara assim... Mas ele só queria bagunça. Quando comecei a namorar outro, aí ele queria me namorar. Mas, quando fiquei solteira, ele só queria bagunça de novo! Afff

Só não fico muito brava porque também já tive minha fase de querer ficar solteira... hehe

Beijo, Déo!

Formiguinha

Situação complicada ein Deo, eu já imaginava que ele jogaria o popular MAS, nessa parte:

"Pô Déo, que legal ouvir isto de você.
Você é maravilhosa, inteligente, linda, divertida, uma mulher e tanto, nossa química é animal, mas "

Aprendi que INÚMEROS elogios seguidos, nunca (nunca mesmo) vem sem um mas. Mas deixe ele com a espanhola, larga esse mané pra lá. Mesmo porque ninguém garante que ele estar apaixonado vá fazer com que as coisas deêm certo pra ele.

Undívago, isso ai, sem preconceitos, mas com os olhos bem abertos!

Larissa, disse tudo ô meu pai!

Formiguinha vc tá certíssima... tem que colocar um fim na história e deixar a fila andar

E Garota Invisível, você disse tudo...inúmeros elogios seguidos...desconfie porque logo virá um "mas"

Bjs leitores que eu adoro!!!!
Déo

Oi Deo!

O que eu acho interessante é aquela pessoa que vem com a história "não estou no momento", "quero curtir a minha vida" e etc. mas que de repente aparecem "apaixonados" ou de volta com a (o) ex.

Veja bem, eu acho super honesto e válido curtir essa fase de solteiro (a), o único problema é usar isso de desculpa, quando na verdade o MAS que a pessoa quer dizer é: "mas não é com você que eu quero um relacionamento / ou uma aventura / ou seja lá o que for".

Talvez falte coragem pra dizer a real? Quem sabe....

bjs
Virginia

Virginia, DISSE TUDO!!!
Fala a real, ó não rolou, mas não ne...

Bjs da Déo

E quem tem coragem de dizer a "real"?