20 de mar de 2013

Eu e o meu umbigo

Outro dia me fizeram a seguinte pergunta:
- " Déo, você não quis casar e nem ter filhos?"
O primeiro "erro" foi falar no passado. 
Dá a falsa impressão de que eu estou "fora" de qualquer cogitação de casar e ter filhos...deu a entender "sua vida passou e você não quis casar"?

Isto não é como matemática. A gente não decide que um homem + uma mulher = 1 casamento com família feliz.
Acontece...

Simplesmente acontece!

Só que no dia eu estava meio irritada com outras coisas. 
Sabe aquele dia em que a gente acha que o mundo todo está contra a gente?Então, foi bem neste dia. Ai eu respondi:

- " E você Flávia, não quis permanecer com o casamento perfeito que você quis há dois anos atrás?"
(ela casou em dois anos teve dois filhos e se separou)

Obviamente que ela não gostou do comentário e soltou um " nossa Déo você está amarga mesmo hein? Não casar te fez mal, pelo menos eu tenho meus filhos..."

Claro que isto me irritou ainda mais do que a primeira frase dela que não foi por mau e eu poderia ter ido dormir sem isso, mas a pergunta que não quer calar é: por que as pessoas tem mania de perguntar as coisas mais chatas e inconvenientes e quando você devolve na mesma moeda elas te chamam de "revoltadas", "mal amadas", "amargas" etc?

Eu acho que a resposta é: egoísmo!


As pessoas estão tão centradas nos seus próprios umbigos que qualquer resposta não esperada do outro lado soa como agressividade. Ok, no meu caso foi mesmo! 
Eu estava irritada aquele dia, várias coisas tinham saído fora do "planejado" e eu não estava sabendo lidar...justamente naquela mesma semana um amigão meu (que se dizia amigão) havia se casado numa cerimônia mega discreta e nem me convidou! Fiquei super "baixo astral"...


Fora este dia e esta resposta normalmente eu tenho bom humor para responder este tipo de pergunta...geralmente brinco falando que a pessoa não me apresentou ninguém interessante, falo que na verdade eu sou muito exigente e na Terra não inventaram um Déo digno para mim, mas nunca sou agressiva como fui.

Porém, mesmo assim ainda vem para mim a palavra "egoísmo". As pessoas estão preocupadas com suas próprias dores e os outros, ah, "os outros são os outros e só"... se juntam 5 pessoas numa mesa de bar pode apostar que pelo menos 4 dos 5 estarão no celular mandando torpedo, acessando redes sociais, em redes de relacionamento e a conversa varia de um "aham" para um "sei". Fica tudo no virtual. Fica tudo no seu próprio mundo esquecendo de perceber o outro.

Viva! Todo mundo numa mesa de bar conversando com outros amigos virtuais e sem trocar duas palavras com o amigo do lado! 

Para onde vamos?

Ah, para a superficialidade. Para o não notar o próximo porque não me interessa se ele está lá querendo atenção e uma boa conversa. Interessa os meus problemas e quem vai me atender. É só isto que vale no mundo novo!

E ai uma pergunta boba como " você não quis casar e nem ter filhos?" torna -se "um dia de fúria" 

Reações:

5 comentários:

Déo,

Vivemos uma época onde o umbigo é a coisa mais sagrada que se tem! Ninguém consegue olhar adiante dele ou ter valores que não o incluam!

Superficialidade é uma coisa que me assusta! Vejo aqui direto, essa tal mesa de bar ou restaurante, com trocentas pessoas, cada uma em se celular!

Onde vamos parar? Cada um em um canto, vivendo "avatares" em um mundo realmente imaginário, distantes uns dos outros, infelizes e sem saída... Triste...

Tá no filme do Bruce Willis, The Surrogates (Os Substitutos)...

Putz! É uma triste realidade!


Undívago,
The Rocket Man...

E ai meu amigo Undívago, pergunta que não quer calar: para onde vamos parar?

Bjs da Déo

Opa!

Resposta que vai ecoar:

Vamos nos tornar um bando de vazios, pessoas superficiais, relacionamentos, confusos, sem sustentação... Quase o fim do modelo social que conhecemos com nossos pais!

Hoje em dia já é muuuuuuuuuito diferente de 20 anos atrás! Quiça daqui a mais 20 !!!!

Tristes beijos,
Undívago - The Rocket Man...

Odeio quando me fazem perguntas deste tipo... acham que só pq já se casaram todos são obrigados a casar tbem... e quando eles acham que já é hora e não quando vc acha... mas fazer o que né?? faz parte... bjuss

É Fabi, faz parte...mas eu não posso estar perto destas pessoas em TPM rsss

Bjs da Déo