18 de set de 2013

O homem que ia...

Postamos a história "O cara da Hillux e da Bela", " Uísque ou água de coco..." e agora continuando o "Histórias de Amargá" temos um outro "causo"

"Já tinha namorado ele duas vezes sem sucesso. 
Então você me pergunta: por que uma terceira vez? Sei lá, talvez porque as pessoas mudam. Quem sabe ele não tenha mudado exatamente naquilo que me fez terminar com ele?

Ele havia emagrecido 30 quilos recentemente, apenas com força de vontade. Nas últimas vezes que namoramos, apesar de nos entendermos intelectualmente e termos vários planos em comum, o que pôs fim a tudo foi a falta de perspectiva. Ele era alguém que nunca se esforçava para nada e por ser sempre bajulado pelas irmãs e pela mãe, sendo o único filho homem, a situação era agravada. Lembro-me que uma vez ao discutir com ele, ele fez um bico. Bico mesmo! Igual criança quando a gente lhe rouba o pirulito. 

Ele nunca deixou de pensar na possibilidade de um reencontro, então marcar um encontro foi fácil, mas pedi que ele fosse bem devagar (em vão). No mesmo fim de semana veio me encontrar...

Encontramo-nos e foi bom. Estava animada com tudo. De repente ele me disse que os seus amigos tinham nos convidado para ir a um samba. Eu, Magali tenho problemas com imprevistos, mas aceitei. 

Saímos, comemos enrolamos (para dar horário do samba) e fomos pra minha casa. Já havia informado que ele não dormiria na minha casa porque tudo devia ir devagar e acontecer naturalmente. Aí ele começou a dizer que não queria mais ir ao samba, mas que iria embora quando os amigos voltassem. Pensei... Que horas vai ser isso, meu Deus? E comecei a ficar irritada.

Roberto de Lorena
Para continuar ele disse que o sofá estava desconfortável e que a gente podia ir para a cama. Relaxem, não é uma história erótica, nem de longe. Pra começar ele estava de meia de algodão. 

Existe algo mais broxante que homem de meia? Todo homem deveria saber disso, mas não a gente tem sempre que falar, mas não, eu não falei.

" - Posso tirar a calça? - e ele ainda me avisou - é um samba canção enorme!" risos 

(Logo imaginei uma cueca remanescente da antiga forma de 30 quilos a mais). 

- Você vai dormir de calça!!!

Eu não estava a fim de nada, mas ele estava; Claro, homem sempre está. Ele foi capaz de dizer que estava achando legal aquele clima todo “não erótico”. Affe, eu diria broxante.

Lá pelas 03h30min da manhã a mensagem chegou e ele disse que estava com preguiça de ir embora e se podia dormir o resto da noite ali mesmo.

- Pode! - Disse “p da vida”.

Acordei de mal humor, fiz o café e ele foi embora, graças a Deus.

Só precisei de uma noite para lembrar porque terminamos as duas últimas vezes. 

Homem sem atitude não dá! Não pelo sexo, mas pela falta de atitude em tudo: ia no samba, desistiu, ia para casa, desistiu, ia, ia, ia..."

Mais uma pra caixinha de desastres sentimentais, mas desistir jamais!!!

Beijos Déo!

Reações:

2 comentários:

É de amargá mesmo! O pior foi a parte da cueca! kkkkkkk

Beijos!

Mari

ai meldeusssssssssssssssss..... que preguiça!!!!! pq homens são tão sem atitudes??? quando o cara tem atitude e é bom de cama mesmo, quem se importa com cueca e meia de algodão???? a gente sabe que vai ser bom de qualquer jeito... conheço algumas espécies dessas.... e assim como vc já mandei pra caixinha.... bezzoooo