16 de jul de 2015

Gatão ou tiozão?

Outro dia, no facebook, eu contei sobre minha falsa esperança com o professor de Body Combat e a Natália se animou e veio contar a história dela no Conta pra mim, Déo.

" Oi Déo, lembrei de uma historinha com um destes professores "gostositos" q toda academia tem :) 

Eu fazia natação com um professor gato e tive que começar do básico naquela "piscininha de criança" para aprender as técnicas de respiração. Tem coisa mais sensual do que segurar o ar embaixo d'água e ter alguém te esperando quando você volta à superfície? 

Ok, deu para perceber o meu nível de carência e o meu estado civil: solteira, desesperada, romântica e sonhadora (traduzindo: candidata para trouxa!!!) 
 
Comentário Déo: menos Nat! rs

Depois de um estímulo destes fui transferida para outra piscina com um professor "tiozão" :( - aí sim tive vontade de me afogar mas só de imaginar que quem poderia me socorrer seria o tal "professor tiozão narigudo e que se acha" minha sanidade voltou rapidinho... 

Percebi que cai direitinho no conto do vigário: um contrato de seis meses de aula (com cheques pré datados - socorro!) uma multa considerável caso eu desistisse das aulas antes, ou seja, a decepção era a minha companhia porque eu via o professor gostositos esbanjando charme com as novas alunas e eu ali na piscina ao lado com o "professor tiozão matusalém" (tem coisa pior do que coroa q se acha?). 

Juro que desapeguei de toda a "ilusão x paixão" do início e parti para o lado prático do curso: era questão de sobrevivência eu precisava aprender a nadar. Uma vez ou outra o professor gostositos dava o aquecimento antes do início da aula e eu ficava radiante e fazia questão de demonstrar (mesmo que fossem migalhas de atenção eram minhas!!!).

Um belo dia saindo da piscina maior vi o "professor gostositos" sozinho na piscina de criança (sei que o seu blog é de família mas tenho q confessar: tive pensamentos para lá de libidinosos só de vê-lo ali sozinho). 
 
Comentário Déo 2: até eu que sou mais boba!!!!

Esqueci de contar que sou completamente míope, mas por um milésimo de segundo a minha miopia sumiu e eu enxerguei um negócio brilhante na mão dele. Como eu já havia cumprimentado toda sorridente, virado estrelinha, dado um salto triplo mortal (ops! pula esta última parte) tomei coragem e:
 
Nat:  - O que é este negócio brilhante ofuscando a minha visão?
Professor gostositos: " - Esta aliança de noivado não significa nada. Se você quiser tira isso do meu dedo facinho!!!"

Para minha sorte eu penso muito rápido (modéstia zero). Mentira é questão de sobrevivência mesmo são muitos e muitos foras colecionados pela vida afora... Respirei fundo e respondi:
 
Nat: a única pessoa que pode tirar "isso" do seu dedo é você mesmo porque do outro lado quem está usando a outra acha sim muito importante, não é mesmo?
 
Ele ficou sem graça à beça porque é um colecionador de menininhas que caem na graça, corpo e etc dele, mas eu me mantive firme.

Foi difícil me convencer que realmente disse não, mas confesso que aquela pulguinha permaneceu atrás da minha orelha um tempão...de qualquer forma ficou o aprendizado: natação agora só com tiozão que se acha, assim não fico na tentação! 
 
Beijos Déo

Reações:

3 comentários:

PALMAS! Você fez um feito que não sei não se eu seria capaz de fazer. Hahaha! Mas hoje em dia meus pensamentos sobre homens comprometidos é CAI FORA RENATA! Não vale a pena. Podem ser lindos, simpáticos, tudo de bom que a vida tem pra oferecer, mas é um sacana que está pronto para trair a pobre coitada a qualquer momento. Você foi guerreira? Foi! Mas calma que por enquanto só foi uma batalha.

Isso ai Rê.
Em tempos de crise ela foi vencedora!!
De qualquer forma eu passei por isso outro dia na academia, então...somos todas vencedoras!!! Yesss

Bjsssss Rê

Olá,

Guerreiras enfrentando os dragões cuspidores de fogo (atiram para todos os lados - rs)

Bjos,

Candida Marie