26 de out de 2011

Lá vem a Déo toda de branco!

Eu acordei e estava atrasada, fiquei nervosa.
Não podia me atrasar!!! Ai que agonia!!!

Acordei porque a Juliana, minha amiga foi até em casa me buscar para o grande dia!

Sai correndo...esqueci de levar algumas coisas, depois conto o que.

Era um dia inteiro de atividades relaxantes para eu não ficar mais tensa do que eu estava.
A massagista achou uns trinta nós em dois pontos do meu pescoço e só falava:
- " Calma Deodora, hoje você não pode ficar tensa"
- Mariangela eu sei que seu trabalho é fazer com que pessoas fiquem calmas neste dia só que se você me chamar de Deodora mais uma vez eu não só vou ficar tensa como brava só a MINHA MÃE me chama assim!
- "Desculpe Deodora, desculpe, Déo"

Da massagem eu fui para manicure, pedicure, pausa para almoço (o almoço era uma sopinha e um suco de camomila e maracujá) cabelo, maquiagem, maquiagem, maquiagem, maquiagem, maquiagem e por fim laquê, sim na maquiagem, para durar mais!

Faltava exatamente o que? O vestido que eu havia esquecido, o colar, a pulseira, os brincos... A Ju foi me entregar...

Tudo pronto até me ligarem da Alquimia dos Deuses para confirmar a entrega do bolo! Eles são super prestativos só que a minha tia esqueceu de avisar para eles que não era para me ligar era para ligar para ela ai me desesperei de novo...mas a Ju me acalmou de novo e resolveu tudo com eles! Ju, fico te devendo para a próxima vida!

Sai no horário certo, ou seja, atrasado porque é assim mesmo que noiva faz!
Cheguei na Igreja do Orfanato na São Judas Tadeu e lá entrei com o meu pai. Foi difícil conter lágrimas naquele momento tão emocionante, mas até que sai bem! Meu pai nem tanto!

Quando cheguei no altar e me dei conta que todos estavam olhando para o meu pé, eu tinha ido de chinelo de dedos!!! Pelo menos era branco e acharam original. Que sorte a minha!

Quando meu amor entrou eu estava tão emocionada e entusiasmada com o meu casamento, já que muitos achavam que isso era impossível, que eu não conseguia enxergá-lo só sabia que ele era exatamente o homem dos meus sonhos!!!!

Conforme ele se aproximava eu ficava cega porque embaçava cada vez mais e eu não via ele!

Barulho de interfone eu levanto correndo e digo:
- Eu to casando, agora não dá!
- " Dona Déo, chegou sua correspondência tá aqui na portaria a senhora pode pegar?"
- Ahn!? Que????
- " Dona Déo é seu Valdomiro, seu porteiro, eu to ligando para avisar que a sua correspondência já chegou"
- Ah ta bom Valdomiro...eu pego depois
- " A senhora ta casando mesmo no apartamento? Foi isso que a senhora disse?"
- Eu disse casando? Eu me confundi, mas ainda bem que disse isto para não falar outra coisa que rima com casando! Obrigada Valdomiro. Vou dormir de novo!

Pois é, ele era do meus sonhos mesmo! Pelo menos esta foi a história mais absurda e engraçada que me aconteceu no final de semana!

Reações:

8 comentários:

Nossa, odeio quando isso acontece comigo. Acordar quando estou tendo um sonho bom. Quando o sonho é ruim eu não acordo.
Vc tentou voltar para o sonho? rsrsrs

Bjs !

Oi Pri, tentei nada, acabei não conseguindo dormir depois... e o pior fiquei sem saber quem é o MEU NOIVO!

Bj da Déo

Ahahahahahahahahahahahahahaahahaha!
Muito bom! Pra mim esse sonho seria pesadelo, que só de ouvir falar em casamento tenho brotoeja! Rsrsrsrsrs!

Bjs!

Larissa, sabe que lá no fundo, escondidinho eu tenho esta vontade???
Mas o que mais eu queria era saber quem era o sujeito!

Bj da Déo

bem que poderia ser o moço do elevador né? Uuiii
rrsrs

Verônica se fosse eu estava vacinada contra mal humor, todos os dias olhar para aquele rosto e resto lindo hmmmmm "deliça"

Bj da Déo

ahha não saber quem é o noivo, complexo. Pior, eu que sonhei que tava grávida qnd tinha 14 anos e passei o sonho td tentando saber quem era o pai e me perguntando como isso foi que aconteceu (pq não tinha como ter acontecido, tipo sem eu fazer nd ou lembrar de ter feito alguma coisa kkkk)

kkkkkkkk Dani, esta foi boa!!!!!!! Eu já sonhei assim também...