7 de dez de 2011

A grama do vizinho neste caso é minha!
















 
Normalmente numa balada quando você chega sozinha e tem fila, ou você faz amizade com os caras da sua frente ou se eles forem elas, paira um silêncio no ar...

A mulherada tem o hábito de conferir o modelito de sua rival e fazer apenas pequenos comentários nada prejudiciais:
" - aiiiii quem é esta mulher com esta calça branca em plena balada? Que sem noção. Calça branca não se usa a menos que você seja Gisele Bündchen, o que não é o caso."
" - você viu o tamanho da micro saia que aquela loira (loiras sempre são o alvo mais atingido) está? Pra aparecer aqui assim, é melhor nem usar saia..."

Porém, naquele dia foi diferente...
Eu cheguei primeiro que meu belisco (era um ex ficante com possibilidade de voltar a ser ficante dependendo do que rolasse naquela noite).
Logo depois que eu cheguei ele me liga dizendo que estava a caminho.

Em questão de minutos a fila aumentou consideravelmente.
Olhei para trás e tinha um casal aos beijos, olhei para frente e tinham duas meninas conversando e rindo bem animadas. Uma delas olhou pra mim e deu um sorriso do tipo "chega pra ca", comentei:
- Meninas, vão chegar mais três pessoas para ficar na fila comigo, será que tem algum problema?
A menina mais simpática, risonha e super pronta disse:
- " Eu se fosse você avisava o casal apaixonado de trás que vai chegar seu namorado e mais algumas pessoas "

Não falei nada a respeito do "meu namorado", mas avisei ao casal que nem me ouviu direito...


Mais uns quinze minutos e ele aparece com mais dois amigos.
- " Oi Déo, tudo bom?"
Me deu um beijo e achou que as meninas eram minhas amigas também e começou a conversar com elas...

A fila estava demorada então deu tempo de conversarmos muito: eu, ele, seus dois amigos e nossas duas novas amigas, mas confesso que uma delas era a que mais me incomodava.
Sabe aquelas olhadas de lado e uma sensação de clima pairando no ar que toda mulher percebe? Pois é! Sorrisos demais, muuuuuuuuita simpatia comigo e com ele, mas quando entrássemos cada um para o seu lado e ela que fosse buscar seu belisco perfeito.

Entramos e um alívio imediato se apoderou de mim.
Demos umas voltas, encontramos um cantinho no bar e lá ficamos.
Depois de uns cinco minutos ela aparece e diz:
- " Ai amiga, posso ficar por aqui? Tá chato pra lá" e apontou para a pista e para vários caras gatos que estavam por lá
- Fica a vontade, Ketlyn! (era o nome dela)
- " Obrigada amiga, mas deixa eu te perguntar uma coisa, tá rolando alguma coisa entre vocês? "
- Vocês quem?
- "Ah você e o Bruno...senti um clima ai entre vocês, é namoro? é o que?"

Déo, a possessiva entra em ação, pera lá, a pessoa nem é minha "amiga" e agora quer saber o que eu tenho com o Bruno?
- Ah, um clima? Então tá na cara que a gente tem um lance né? Eu não queria comentar, queria deixar as coisas rolarem de boa, mas a gente tem um lance sim.
- " Que tipo de lance?"
Pode falar palavrão neste texto? Mais do que um? Pode? Pode? Digam que sim por favor!!!!!!
- Ketlyn, desencana, tem um cara gato que não para de te olhar...
- " Ah, mas o Bruno é bem mais a minha cara!"

E simplesmente saiu em direção a ele...
Eu fiquei passada.

Comecei a conversar com o amigo dele que até então só falava, "cool" (o sujeito era gringo) e ela caída em cima do Bruno. Como se não bastasse esta situação, a Patty, amiga dela veio me pedir desculpas pela atitude.
- " Déo eu já vi que ele ta la com ela olhando pra ca, já falei para ela deixar ele pra la que a história ainda está rolando entre vocês, mas a Ketlyn quando encasqueta com alguém é fogo. Ela teimou que quer ele.
- Beleza Patty, vou dar uma volta.

Desci e fui para a pista dançar, relaxar e fingir que aquilo não estava acontecendo comigo! mas estava!

Nesta enrolação toda, ele veio atrás de mim ver onde eu estava e fazendo o que e eu fingi que nada acontecia

Quando voltamos rindo e batendo papo elas já estavam na fila.
Yessss, ganhei!

Vieram para se despedir da gente e eu toda contente, até a Patty falar no meu ouvido:
- " Tentei de tudo, mas não teve jeito, ela vai embora com ele "
Noooooooooooooo, perdi!
Patty foi embora, Bruno veio conversar comigo já trançando as pernas e Ketlyn grudada no fofo.
John e Jordan (não são jogadores de basketball) começaram a tagarelar e soltavam uns "shit´s" e eu só falando "cool, cool, cool, cooooooooool" num sotaque brasileiro, se é que vocês me entendem.

Eu, diante da cena olhei para ele, olhei para ela dei um beijinho em cada um e sumi no meio da muvuca.
Logo menos, ele aparece sem ela e fala se eu quero conversar, ou melhor, se eu quero "co-con-connnverrrrrrrsarrrr com ele" - com bêbado eu não discuto e ponto.
Tudo bem, não tínhamos nada mais, mas não tínhamos nada a menos, ai aparece uma mulher com nome de lingerie e ele vai levá-la pra casa?
Cai Fora Deodora!
Disse tchau e fui embora.

Dia seguinte meu celular toca - Bruno chamando!
Falou sobre nosso passado, começamos a lavar roupa suja que eu nem sabia que tinha mancha e cheguei a conclusão de que nós dois não sabíamos nos comunicar.
Eu não entendia que ele me queria e ele não achava que eu estivesse a fim dele, os dois sem saber e perguntar sobre nada deixaram pra lá. Resolveram sair na noite anterior e deu no que deu.
Ele confirmou ter dado carona para ela e eu admiti que não gostei
Ele disse que esperava por isto em outro momento e eu falei que não tinha como adivinhar
Ele disse - " a gente se vê por ai" eu falei - ta bom!

Meses depois a gente se tromba na mesma balada, e ele de mãos dadas com quem?
Enganei vocês, ele não estava de mãos dadas com ninguém não, continua solteiro e ainda não entende o que eu digo...mas naquele dia fizemos as pazes...

Reações:

13 comentários:

Que menininha sem noção viu...

Priii, nem me fale, mas fiquei na dúvida no final...quem foi mais sem noção? Ele ou ela?

Bjs da Déo

A menina é sem noção. Mas mai sem noção é ele. E, além de sem noção, tá na cara que é um cafajeste e 'simplesmente não está tão a fim de você'. Pq uma coisa td mulher deve saber, Déo: homem q tá super a fim, corre atrás. Ah, mas corre suuuper atrás.

Então, "cai fora deodora" e nunca + tenta nada com esse panaca! Deixa que os q tão realmente a fim de você vão te encontrar! =)

Olá,
Caramba! Estou c/raiva desta garota idiota (deu uma vontade de batizar a bebida dela c/um comprimido de lacto purga, ou então um luftal gotas p/ela soltar tudo qto é gases - kkkkkkk
Bjos,

Amandita, junta o que a Nathalia falou e coloca lactopurga nos DOIS copos, dele e dela... assim os dois passam a noite juntos no trono! rs

Bjs da Déo

Meodeos!!! Como uma pessoa que se chama Katlyn dá mole pra um cara sob o seu nariz? E o pior: ele aceita!!!
Ah, parei!
E que elegante você é, Deo!!!! Adorei a sua atitude!

Karine, adorei pelo elegante!!!
Não fui pra casa tão elegante, xinguei até a sétima geração da família dele, mas lá na frente dos dois, mantive a classe e o salto alto!

Bjs da Déo

A vida está cheia de meninas assim. Mas elas passam! A nossa atitude é que determina mesmo o fim da história!

Beijos

Realmente a vida está cheia de meninas assim... Mas no caso ela foi direta e quantas meninas dão investidas na nossa cara e nem notamos....

To contigo "depois dos 25"
Nossas atitudes sempre determinam não só o fim como o trajeto dele!!

Déeh ela foi direta, mas nao faz dela melhor do que as que dão investidas sem serem diretas...pra mim estão na mesma caixinha!!!

Bjs da Déo

Que garotinha mais sem noção gente!

E você quase pegou a gente no final hein! Já tava eu chocada aqui! Já pensou? Ia ser o ó! rsrsrs

Beijos!

Meninaaaaaa

Olha que agora que eu voltei a vida ativa de solteira, eu tô "de kra" com tudo que eu vejo acontecer... essa piriguetes tão demais, cada vez mais ousadas... E esses homens uns babacas!! Mas gostei da sua atitude, super classe... isso ae!!

Bjs

Laly, perder a classe JAMAIS!!!!

Bjs da Déo